O Crédito consignado (também chamado de empréstimo consignado) é um empréstimo com pagamento indireto, cujos parcelas são deduzidas diretamente da folha de pagamento da pessoa física.

Consiginatário é o órgão encarregado de recolher finanças de uma pessoa física, e em se tratando de crédito consignado, é a empresa pagadora do salário do indivíduo, sendo que esta a responsável pelo pagamento dos juros do crédito; o contrato em que se aponta um consignatário é denominado consignação.

O crédito consignado é mais seguro para quem está emprestando, pois a cobrança é praticamente automática e a responsabilidade é da empresa empregadora ou do sindicato. Isso possibilita o empréstimo até para pessoas de nome “sujo” (as que têm registro no SPC ou no Serasa). Também é vantajoso para o devedor no sentido de que diminui o trabalho de ir ao banco ou fazer o serviço manualmente. Esses fatores contribuem para que a consignação tenha juros mais baixos que o cheque especial.

Entre os principais bancos nessa modalidade de empréstimo estão Banco Bonsucesso, Banco BMG, Banco do Brasil, Itaú, Caixa Econômica Federal, Santander e Bradesco.